5.1.11

Mundos



 O Tesouro Guardado
Nas Profundezas da Alma

É preciso entender que podemos observar através da nossa experiência exterior, o que sentimos, o que somos interiormente.
O tesouro guardado nas profundezas da nossa alma, é de uma infinita beleza e gratificante, quando vamos à procura de todas as nossas existências. Procuramos felicidade, procuramos paz, tranquilidade e amor, pois, nem precisamos de nos esforçar, porque podemos ter tudo isso dentro de nós mesmos. E aparece logo no momento em que estamos a iniciar a nossa procura interior, tão necessária para a estabilidade emocional e espiritual.

Temos todos um universo interior, mas sempre acompanhado pelo mundo exterior, pelos pensamentos, pelos desejos, sentimentos e anseios de todas as formas, é visto por nós de uma forma muito específica, visto pelos olhos que partem do nosso mundo interior. 

Diante de um espelho, inevitavelmente, nos deparamos connosco mesmos, isto porque, o espelho está dotado de vida própria que nos estimula a perceber melhor os detalhes da alma.
Fortalecendo os elos de toda a humanidade, caminhando juntos, lado a lado, no mesmo caminho, pela reflexão compreendemos o outro lado de todas as coisas, seja do ser ou do Universo.

Ao tomarmos consciência de tudo que temos dentro de nós, podemos iniciar a procura do maravilhoso tesouro guardado nas profundezas da nossa alma. Este tesouro de infinita beleza, de infinita glória, é tudo o que realmente procuramos durante toda a nossa existência.

Lumena Oliveira

17 comentários:

Eduardo Medeiros disse...

oi lumena, tudo bem?

equilibrar o mundo interior é muito importante para se ter equilíbrio no exterior.

como sempre, excelente reflexão.

abraços

Lumena Oliveira disse...

Eduardo Medeiros,

Olá, está tudo bem.
Através do equilíbrio interior, manifestamos o equilíbrio exterior. E tudo o que buscamos está dentro de nós.

Grata e volta sempre!

Abraços,
Lumena Oliveira

blasblog disse...

tratar de ser Mejores personas, mejores humanos es buscar un equilibrio entre estos dos aspectos interior y exterior de nuestro mundo
un saludo y felicidades
Blas

Edson Carmo disse...

«O Reino do Céu é semelhante a um tesouro escondido num campo, que um homem encontra. Volta a escondê-lo e, cheio de alegria, vai, vende tudo o que possui e compra o campo. O Reino do Céu é também semelhante a um negociante que busca boas pérolas. Tendo encontrado uma pérola de grande valor, vende tudo quanto possui e compra a pérola.»

Mt 13, 44-46

Graça Pereira disse...

Se por vezes, nos abstraissemos de tudo e mergulhessemos dentro de nós,
encontrariamos o caminho de falicidade!
Beijo
Graça

Lumena Oliveira disse...

blasblog,

Essa é a forma mais envolvente de haver equilíbrio entre os dois aspectos.

Gracias!
Lumena Oliveira

Lumena Oliveira disse...

Edson Carmo,

O Reino do Céu ensina-nos que existem duas verdades grandiosas, o Tesouro e a Pérola.
O Tesouro tem um incalculável valor, que todos nós devemos procurar, acima de tudo que nos cerca.
Recebemo-Lo quando os nossos corações renunciam tudo o que nos impede de Ser parte Dele.

"Quando se vende tudo", tem um significado muito próximo do coração, então os homens devem abdicar de todos os interesses, pelo único interesse, que é JESUS CRISTO.

O Tesouro, está onde também está o nosso coração.

Lumena Oliveira

Lumena Oliveira disse...

Graça Pereira,

Exactamente amiga!
A felicidade acontece quando tocamos o nosso ser interior, assim tudo é mais fácil, mais límpido.

Be:)os,
Lumena Oliveira

Emília disse...

Olá
Cheguei aqui quase por acaso, se acaso houver.
Iluminou o meu dia!
Ficarei a seguir este espaço de reflexão.
Um abraço

Lumena Oliveira disse...

Emília,

Grata querida!
Visitei os teus espaços e adorei!
Simples, suave e muita comunicação de imagem e de palavras.

Um be:)o,
Lumena Oliveira

Emília disse...

Obrigada pela visita.
É um prazer passar por aqui.
Um abraço

sevejocosilva disse...

Fazia tempo que não vinha aqui(quem perdeu fui eu).
Vejo que estás cada vez melhor nas tuas reflexões sobre o bem viver.
Feliz quem ao olhar no espelho consegue decifrar o seu interior.
Continuemos tentando...
Obrigado pela visita
Severino Coutinho

Lumena Oliveira disse...

sevejocosilva,

Grata, mui grata!
Volta sempre Severino.

Lumena Oliveira

Deus acima de tudo! disse...

Falastes sobre emoções...
As emoções são produzidas num corpo estranho existente em nosso corpo, a mente.

Ter "controle emocional", é colocar uma coleira num pitbull, é enjaular um trigre siberiano, é angaiolar um falcão real.

Devemos transpassar o campo mental, de forma que possamos estar num estado chamado de não-mente, afim de realmente nos encontrarmos com o nosso real tesouro escondido, o nosso SER REAL.

JGCosta disse...

Lumena, amiga, assino abaixo de suas palavras, todas elas!

Parabéns pela reflexão que nos trás!

PS.: belo selo de amizade entre o Brasil e Portugal!

Abraços renovados!

Lumena Oliveira disse...

Deus acima de tudo!

A questão da emoção é muito complexa! São processos não conscientes, estão sempre em estado de transformação, organizam-se, desorganizam-se e organizam-se novamente. Tudo isso é produzido pela mente, como bem dizes.

"Ter "controle emocional", é colocar uma coleira num pitbull, é enjaular um trigre siberiano, é angaiolar um falcão real."

O controle emocional dá-se quando iniciamos a procura interior, tão necessária para a nossa estabilidade emocional e espiritual.

Mui grata Gleilson!

Abraços,
Lumena Oliveira

Lumena Oliveira disse...

JGCosta,

Grata amigo!

O blog tem estado parado, muito breve voltarei novamente.

Irei visitar o teu espaço.

Grata, mui grata pela visita.

Abraços,
Lumena Oliveira