30.4.10

Compaixão


Amor Que Cura


Quantas vezes deixamos o nosso coração congelar e, não nos permitimos sentir o sofrimento, sentir a necessidade do próximo, ao invés de atrairmos a presença da Luz que revela a Verdade e o Amor que cura.
O medo é a causa da nossa negação, medo de não ser capaz, medo da obscuridade que nos impedem e paralisam de viver plenamente.
Compaixão é Amor, aquele Amor que é vivenciado pela entrega de si mesmo, do próprio Amor, é um estar perto do silêncio. É olhar para o próximo e, sentir que o seu coração o toca, é sentir que o calor do seu coração cura com Amor. É sentirmos tocados com os sentimentos dos enfermos e termos um profundo desejo de ver o próximo fora da sua escuridão espiritual.
É próprio do homem amar, como é próprio da Luz Iluminar. E, dentro de nós, diante dos nossos olhos sentirmos uma espécie de força, uma Energia DEUS, e a grandeza clamorosa invade os nossos corações.

A gratidão me faz feliz. Agradeço a mim própria pelas pequenas coisas que faço e, confio no meu Ser interior que me habita. É muito simples praticar ser grata. Começa-se pelas coisas boas, pelo amor das pessoas, pelos desafios que nos fazem ter certezas, pelos nossos Mestres, pois nos ensinam o perdão e a compaixão.
É um estado de ser natural que me permite, através desse sentimento sentir alegria, bondade que cura e, ao mesmo tempo, obtenho certezas da existência de Deus, essa existência que me faz ser grata.

Pessoas alegres e gratas são uma bênção, espalham amor à sua volta.
A gratidão está nas nossas mãos, mas a certeza existencial está Além, só precisamos sentir. Precisamos aprender a alcançar a fonte da graça. Precisamos entender que a espiritualidade, é a Vida.


Comece o dia com uma atitude de gratidão.
LUmeNA

28 comentários:

Eduardo Medeiros disse...

Bela mensagem!!

Como já cantava Ivan Lins:

"O amor tem feito coisas
que até mesmo deus duvida
já curou desenganados
já curou tantas feridas..."

abraço e ótima semana para você.

LUmeNA disse...

Eduardo Medeiros,

Grata pela participação.

"O amor tem feito coisas..."

Neste primeiro momento refere-se ao processo de restauração de feridas psíquicas e a linguagem artística atinge as imagens da alma e revela a sua natureza, assim como, a do amor que pertence ao mundo do silêncio, que se encontra no mais profundo do ser.

Abraço e boa semana!
LUmeNA

Suh disse...

"Comece o dia com uma atitude de gratidão."

Como, as vezes, a reunião de pequenas palavras pode dizer tanto...

Precisamos disso... de nos encontrarmos, de sermos felizes... é ótimo ajudar o outro, ser grato por algo... gera um sentimento tão bom e tão dificil de ser descrito!!
Sinta-o! Experimente-o!

Ótimo post!!

LUmeNA disse...

Suh,

As tuas palavras são um incentivo para encontrar-mo-nos com gratidão, connosco e com os outros.

Grata, querida!
LUmeNA

Edson Carmo disse...

Lumena,

Gratidão é o agradecimento sem fim. Gratidão nunca se acaba, é a prontidão permanente para responder a expectativa daquele a quem se é agradecido.
Às vezes alguém recebe um favor, então se sente em dívida. Mas, logo quando paga, sente que agora está quite. Isso não é gratidão e sim retribuição.
Retribuição tem a ver com pagamento, Gratidão tem a ver com sentimento – sentimento que não se acaba.

Belo texto, parabéns!

Edson Carmo

LUmeNA disse...

Edson Carmo,

Grata, dito, com sentimento sem fim.

Devemos ter gratidão como se fosse a nossa pele. Portanto, é mesmo fácil desenvolver uma atitude de gratidão. É, simplesmente focar a atenção por um compromisso sincero.

Grata!
LUmeNA

Eduardo Aleixo disse...

Bonito texto sobre duas coisas bonitas, essenciais e difíceis. A começar pelo Amor: " amar é difícil" , dizia Rainer Maria Rilke, " e os homens fogem ao difícil ". Este Amor, com A grande, é diferente dos nossos apegos, quase sempre ligados aos nossos medos. O Amor é incondicional. É entrega ao outro, filho de Deua como eu.´
Na gratidão sinto-me abençoado por estar vivo e por poder usufruir de todas as situações boas da vida e saber que mesmo nas más tenho ajudas espirituais que me acoselham e me dão a mão, assim euo peça.
Todas as manhãs costumo dizer os cinco princípios do Reiki, sendo um deles
- Por hoje sou grato
-------
Obrigado, Mena.

LUmeNA disse...

Eduardo Aleixo,

Exactamente!
Esse Amor, com A grande é diferente daquele amor dos apêgos.
É o Amor Incondicional, uma arte na sua criação e manifestação. Quanto mais amas, mais expressas amor para benefício dos outros, para ajudar e curar.
Como um artista ou um escritor, por exemplo, nunca podem ter verdadeira inspiração e expressão se não têm amor nos seus corações.

O amor dos apêgos, é um estado emocional a uma coisa ou a uma pessoa determinada, que origina por crença de si mesmo e não pode ser feliz, e está cego, não vê a realidade da vida.

Grata!,
LUmeNA

jair machado rodrigues disse...

Caríssima , cá estou e feliz com as palavras que encontrei neste post...tive uma vivência este final de semana, do qual concluí que devo resgatar amigos "perdidos", amigos que me afastei pela movimento da vida, reencontrei um e passei uma tarde maravilhosa, é um resgate que está me fazendo tão bem,pois meu coração estava congelado, ou eu queria que estivesse. Gosto quando dizes que é próprio do homem amar, entendo assim também, embora estivesse me negando isto a algum tempo...quando me despedi deste amigo e da família que me acolheu para um almoço fraterno, agradeci(sentia uma imensa gratidão) a mãe dele pela comida, pela horas super agradáveis que passamos juntos, pois logo que cheguei, nos cumprimentamos, pois ela já me conhecia, lembrou logo, enquanto preparávamos o churrasco (ele, eu só sei ficar fazendo companhia), ela que é evangélica, veio me perguntar que religião eu seguia, então disse que tenho Jesus em meu coração, sou Cristão, tenho fé e rezo sempre para Deus...bastou, não se falou mais em religião e ela nem ficou tentando me seduzir para entrar para a Igreja dela, pois éramos mesmo que por caminhos diferentes, tínhamos Jesus no coração e o amor de Deus, nosso Pai Eterno. Acho que era isso.
ps. minha querida amiga de além mar, continuo ruminando comigo" amor que cura", "bondade que cura", isso é de uma forma espiritual ? ou pode-se levar para mais longe, tipo curar doenças do corpo ( do próximo )?
Teu post foi instigante para mim, gosto disso.
ps2.GRANDE ABRAÇO

Irene disse...

Olá, Lumena !!!

Inicialmente desculpe o meu sumiço, entretanto, tive de resolver problemas profissionais.

Em relação ao seu post: vc falou sobre o medo de sentir....eu sempre digo que o medo é um pessimo conselheiro. Atualmente, a sociedade está adquirindo um medo de se entregar às sensações. Ficamos com tanto receio de abrir nossos corações e sermos magoados que nos fechamos para a felicidade de compartilhar doces sensações com pessoas especiais (vc citou algumas belas sensações: gratidão e compaixão...alias, são dois sentimentos valiosos e muito pouco praticados).

Abraçossssssssssss

LUmeNA disse...

jair machado rodrigues,

Teu comentário é uma prova de que possuis, o dom resgatado por esse amor de que o texto fala.
Deixa que o amor que tens em ti, dissipe todas as nuvens de dúvida e de medo. O medo bloqueia todo o amor de fluir através de ti. Solta o medo, permite que o amor na sua forma mais superior flua através e para ti, será a marca de uma consciência mais aberta.
Ouve o teu coração que deve falar sempre mais alto e deixa de lado os pensamentos negativos, daquilo que outros dizem, ou do que tu vês ou lês.
O que irá acontecer, é precisamente esse amor poderoso que não apenas irá curar, mas permite que essa energia espiritual restabeleça o equilíbrio.
O auxílio espiritual é primordial à Fé, que é o pilar da cura. É, desta forma que se deve comportar pela compreensão e pelo amor, para que o efeito, tanto físico como espiritual, sejam desejados na cura, como dizes: "Jesus no coração e o amor de Deus, nosso Pai Eterno", serás amor incondicional, e transmites também ao próximo.

Grata, pela visita e comentário.

GRANDE ABRAÇO,
LUmeNA

LUmeNA disse...

Olá Irene,

Exactamente!

Apercebi-me da tua ausência, mas de novo estás entre nós. Grata!

Quem pratica gratidão e compaixão tem maturidade espiritual.

Abraços Querida!
LUmeNA

tonhOliveira disse...



Lindo e importante chamamento!

Vamos conclamar!

be:)os

P.S.: Veja o poste aDEUS ao enDEUSar
no Blog: http://po--etica.blogspot.com
é uma síntese de como "mal usar" DEUS.

LUmeNA disse...

tonhOliveira,

O poste é mesmo uma síntese de como "mal usar" DEUS.
É o mesmo que querer conciliar o inconciliável.

Grata,
LUmeNA

JORDAS disse...

Gostei muito deste texto.
Fez-me pensar que a vida é espiritualidade.
Fez-me pensar como é possível pensar que a Divindade pode ser afastada da existência de nossas vidas?
A vida é Divindade na sua mtotal espiritualidade por mais cruel que a vida possa parecer.
Bjs e parabéns pelo texto .

LUmeNA disse...

JORDAS,

Uma vida espiritual ouve os ditames da sua alma, e a quem o medo não consegue torturar. As opiniões do mundo são fracas demais para atormentar a sua mente e coraçao.
Essa verdade ela conhece e incorpora.

Grata.

Be:)os,
LUmeNA

Dark angel disse...

Sou-te grata LUmeNA, por me proporcionares leitura tão profunda e verdadeira.

Sou-te grata, e como forma de te agradecer, retribui-te o selo que me tão generosamente ofertaste. Obrigada.

Beijo :*

LUmeNA disse...

Olá querida Amiga!

Partilho da mesma opinião, este selo é de uma enorme responsabilidade e honra. Muito me apraz recebê-lo novamente de ti, que compartilhas com a tua sensibilidade que define o teu enorme carácter, acima de tudo a amizade sem conta, na blogosfera.

Grata.

Be:)os,
LUmeNA

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Gostei imenso do teu post...cheio de Luz... e de caminhos para seguirmos..
Um dia, Jesus curou dez leprosos e só um voltou atrás para agradecer e Ele perguntou-lhe:" Não foram dez os curados? Onde está o último?"
Claro que Jesus não estava preocupado com o agradecimento, nem de longe, nem de perto...
Ele falava no amor gratidão, daquele que se dá... e não se esgota nunca.
Beijo carinhoso
Graça

LUmeNA disse...

Graça Pereira,

Excelente teu comentário!

Grata pela participação.

Be:)os,
LUmeNA

Eduardo Aleixo disse...

Passei por aqui. É sempre bom. Bj

LUmeNA disse...

Eduardo Aleixo,

Grata e volte sempre!

Abraços,
LUmeNA

Adh2bs disse...

Prezada LUmeNA;
O amor inspira, a gratidão conduz por caminhos mais suaves; estamos firmes no leme de nossas vidas porque formamos nosso caráter e personalidade na senda da honestidade de princípios e de ações.
Grande abraço, ótimo final de semana.
Adh

LUmeNA disse...

Olá Adhemar!

Com amor temos poder de compreender
e ajudar. A causa da vida, inspira gratidão e o reconhecimento.

Grata e bom fim-de-semana.

Grande Abraço,
LUmeNA

JPM disse...

Olá,
Parabéns pelos ensinamentos que encontramos aqui.
Há estudos que dão contam que 80% das nossas doenças têm origem emocional. Não é pouco!
Saúde e felicidade, da terra do Felipão!
João Pedro Metz

LUmeNA disse...

JPM,

Exactamente, é uma manifestação orgânica, mas provocada por problemas emocionais.
O corpo reflecte o que as pessoas pensam e sentem, ou seja, quando reprimimos as nossas emoções, vão-se acumulando até surgirem doenças, que machucam profundamente.
Então, devemos procurar revêr como estamos a viver a vida, e se possível modificar tudo para eliminar os factores causadores das doenças.

Grata pela contribuição.

Saúde e Felicidade,
LUmeNA

Maxwel Quintão disse...

como sempre os teus textos são uma inspiração!

LUmeNA disse...

Marwel Quintão,

Grata pela participação.

Lumena